Taxa do cheque especial será cobrada mesmo sem usar; saiba o que fazer

Muita gente viu a notícia de que o Banco Central limitou os juros do cheque especial a um teto de 8% ao mês. Mas muitos outros não perceberam uma outra regra criada junto: os bancos vão poder cobrar uma tarifa mesmo de quem não usa o cheque especial. A partir do dia 1º de junho, basta ter um limite de cheque especial acima de R$ 500 para ser obrigado a pagar essa tarifa.

Ou seja, mesmo que você não entre no cheque especial, o banco poderá cobrar uma taxa de você. Só não pagarão essa tarifa os clientes que tiverem até R$ 500 de limite. Acima disso, todos pagarão. O valor máximo dessa taxa será de 0,25% do limite por mês. O que você deve fazer com isso? Cancelar o seu limite? Reduzir para R$ 500? Esperar para ver o que o banco vai oferecer? Entenda a seguir.

Como funciona a nova taxa

Se você tiver um limite de até R$ 500,00, o banco não pode cobrar nenhuma tarifa. Apenas os juros sobre o que você utilizar.

Mas se você tiver um limite além de R$ 500 no cheque especial, o banco poderá tarifar você. Por exemplo: se seu limite for de R$ 1.000,00, a instituição financeira poderá cobrar, todos os meses, R$ 1,25, ou seja, 0,25% sobre o valor que excedeu R$ 500.

Se você entrar no cheque especial, essa tarifa deverá ser descontada dos juros. Ou seja, se você passou um mês no cheque especial, com um crédito de R$ 1.000,00, sendo a taxa de juros de 8%, você vai pagar R$ 80 de juros, menos R$ 1,25 que havia sido pago de tarifa.

Banco tem que avisar antes

Na regra criada pelo Banco Central, está determinado que os clientes têm que ser avisados até um mês antes de começar a cobrança da tarifa. “O banco tem que entrar em contato com todos os clientes para avisar sobre a nova cobrança, caso resolva adotá-la. Assim, é o consumidor quem fará a escolha”, afirma Guilherme Farid, chefe de gabinete do ProconSP.

Segundo o Banco Central há 80 milhões de clientes de bancos que têm um limite acima de R$ 500. Outros 19 milhões de consumidores têm o limite de crédito no cheque especial abaixo dos R$ 500. Então, há um universo grande de consumidores que precisam ser avisados.

Devo reduzir meu limite para R$ 500?

Alguns consultores dizem que o melhor é antecipar-se e pedir ao banco a retirada do limite caso a instituição decida cobrar a tarifa sobre o cheque especial. Outros dizem que é bom negociar antes. Pode ser que o banco não cobre a tarifa no seu caso ou cobre menos. E um limite especial mais alto, que você já tenha, pode ser útil em alguma emergência.

Se o banco começar a cobrar a tarifa sem avisar, cabe até uma ação. Se o consumidor não contratou um serviço e foi cobrado sem sua clara solicitação, fica caracterizada prática abusiva, prevista no artigo 39 do Código de Defesa do Consumidor, diz o Procon-SP.

“Sem dúvida, o cliente tem que se antecipar e pedir o ajuste no limite do cheque especial para até R$ 500, ou negociar para que não haja a cobrança da tarifa. Afinal, existe o risco de o cliente começar a pagar sem sequer a perceber a cobrança da tarifa no meio dos juros”, afirma a educadora financeira da Dsop Educação Financeira, Ana Rosa Vilches.

Limite não pode virar parte do salário

A mesma consultora alerta que abrir mão do limite no cheque especial exige mais atenção com as contas. “Cheque especial é, como o nome diz, algo especial. Infelizmente muitos brasileiros consideram o cheque especial um complemento de renda. Acabam esquecendo de contabilizar os custos dos juros e, quando vão ver, entraram em uma dívida grande”, diz Ana Rosa.

“Se a pessoa não consegue nem sequer administrar as contas, como vai perceber a tarifa e os juros que o banco está cobrando?”, diz ela.

Melhor pagar multa por atraso ou juros do cheque?

Entre as dicas, está a de reduzir opões no débito automático. Assim, se aquela fatura mais pesada cair no dia em que sua conta estiver com pouco saldo, o boleto vai voltar. É melhor pagar a multa do que cair nos juros do cheque especial, dizem os consultores.

O que é mais barato: crédito pessoal ou cheque especial?

Se faltar dinheiro, é melhor pedir um crédito pessoal porque as taxas de juros são inferiores à metade das cobradas no cheque especial.

Para se ter uma ideia, a taxa média cobrada no cheque especial é de 12,4% ao mês. Vai cair para 8% a partir de janeiro do ano que vem, de acordo com a regra criada pelo Banco Central.

A taxa média no crédito pessoal é de 5,9% ao mês. Se for uma linha de crédito consignado, ou seja, vinculada a salário, esse custo cai para 2,5%, no caso do trabalhador do setor privado, e a 1,4%, para o funcionário público.

Vem aí o novo iOS 13

Como acontece todos os anos, somente em setembro, a Apple libera a nova versão de seu sistema operacional, o iOS.

Mas fica a dúvida: será que o novo iOS é compatível com os modelos anteriores do iPhone ?

Veja a seguir a lista de todos os modelos que serão compatíveis com o iOS 13.

  • iPhone XS Max
  • iPhone XS
  • iPhone XR
  • iPhone X
  • iPhone 8 / 8 Plus
  • iPhone 7 / 7 Plus
  • iPhone SE
  • iPhone 6s / 6s Plus
  • iPod touch (7th generation)

Muitos achavam que o iPhone 6 e 6 Plus ficariam de fora e havia rumores que o iPhone SE também seria excluído. Mas a Apple surpreendeu liberando aos iPhone mais antigos. Então, se você possui os citados acima, comemore!

Alerta para novo golpe no WhatsApp

Pesquisadores da empresa de anti-vírus ESET alertaram para um novo golpe no WhatsApp que promete “1000GB de dados de Internet” para celebrar o seu aniversário.

Muitas pessoas se tornam vítima do golpe, apesar de esse ser mais um fake news.

De acordo com os pesquisadores, o golpe começa com a mensagem abaixo contendo um link que não faz parte do domínio oficial do WhatsApp:

ESET alerta para novo golpe no WhatsApp

Se o usuário clicar no link, ele será direcionado para uma página pedindo para que ele responda a uma série de perguntas:

ESET alerta para novo golpe no WhatsApp

Enquanto o usuário responde ao questionário do site, será pedido que ele compartilhe a “oferta” com pelo menos mais 30 pessoas para assim se qualificar para receber os “1000GB de dados de Internet” – o que é apenas uma desculpa para repassar o golpe no WhatsApp para o maior número possível de pessoas:

ESET alerta para novo golpe no WhatsApp

O objetivo dos criminosos por trás do golpe é a fraude de cliques – um esquema de monetização altamente popular que se baseia em acumular cliques em anúncios falsos que, finalmente, geram lucro para os operadores da campanha.

O mesmo domínio usado para este golpe também é usado para outras “ofertas”, cada uma se passando por uma empresa diferente – como Adidas, Rolex e Nestlé. O número de sites indexados pelo Google mostra como os criminosos por trás destas campanhas multiplicam suas ofertas fraudulentas:

ESET alerta para novo golpe no WhatsApp

Windows 10 May 2019 Update

Os usuários interessados já podem fazer o download do Windows 10 May 2019 Update (Windows 10 v1903) a partir do Windows Update e da Media Creation Tool.

Para fazer o download da nova versão do Windows 10 via Windows Update, basta executá-lo e mandar ele procurar por novas atualizações.

Para quem quer criar uma mídia de instalação, a nova versão também está disponível através da ferramenta Media Creation Tool.

Siga os passos abaixo para fazer o download do May 2019 Update usando a Microsoft Media Creation Tool:

1. Baixe a versão atualizada da Microsoft Media Creation Tool clicando aqui.

2. Depois de fazer o download, execute o arquivo MediaCreationTool1903.exe.

3. Aceite os termos de licença e clique em Avançar:

Faça o download do Windows 10 May 2019 Update

4. Selecione a opção Criar mídia de instalação (pendrive, DVD ou arquivo ISO) para outro computador ou a opção Atualizar este PC agora para iniciar o upgrade para a nova versão:

Neste exemplo será usada a opção para criar a mídia de instalação.

Faça o download do Windows 10 May 2019 Update

5. Selecione o idioma, edição arquitetura e clique em Avançar:

Faça o download do Windows 10 May 2019 Update

6. Selecione a opção para criar um pendrive inicializável* ou a opção para criar a ISO. Neste exemplo será criada a ISO.

Ele deve ter 8GB ou mais de espaço livre.

Faça o download do Windows 10 May 2019 Update

7. Defina o local onde a ISO será salva:

Faça o download do Windows 10 May 2019 Update

Aguarde enquanto a ferramenta faz o download dos arquivos do sistema operacional:

Faça o download do Windows 10 May 2019 Update

8. Com o download concluído, o processo de verificação dos arquivos e criação da ISO começará imediatamente:

Faça o download do Windows 10 May 2019 Update
Faça o download do Windows 10 May 2019 Update